Image default
Games Noticias

[BGS 2016] Primeiras impressões Horizon Zero Dawn

Horizon Zero Dawn é um jogo de mundo aberto que foi apresentado durante a E3 desse ano e já é um dos games mais aguardados para PS4 e durante a BGS 2016 ele causou filas que chegavam a levar os visitantes a esperar até 2h para poder jogar o demo do jogo e ganhar de quebra um óculos da Playstation. Nós enfrentamos essa fila e pudemos provar um pouco do gameplay do jogo que manteve a mesma qualidade gráfica do que foi apresentado durante a E3 e durante a demo foi possível conhecer as mecânicas do jogo.

O jogo basicamente se passa daqui a 1000 anos em uma terra que foi dominada pela natureza e pelas maquinas que entraram em sintonia de certa forma. O personagem principal é a guerreira Aloy que tem como missão defender sua tribo das maquinas e ao mesmo tempo descobrir as suas origens, tarefa que não será fácil nesse novo mundo.

Jogamos uma demo de Horizon Zero Dawn durante a BGS que durou 10 min e se passa em um pedaço no mapa do jogo e não apresenta nenhum detalhe da historia do jogo, o demo serviu somente na verdade para mostrar as mecânicas de caça, luta e crafting do jogo que somadas poderiam lembrar a mecânica de jogos como The Elder of Scrolls, Far Cry e The Witcher só que com uma historia nova. Durante esse demo temos como missão lutar de maneira silenciosa contra um dos robôs sentinela e domar um robô que é uma montaria que serve para deslocarmos rapidamente pelo mapa, como eu, assim como outros jogadores que estavam ali, consegui finalizar essas missões bem rapidamente e fiquei um tempo andando na área limitada do mapa, pois se saíssemos dela a demo era reiniciada automaticamente.

Horizon: Zero Dawn

Durante esse tempo que fiquei andando pelo mapa pude testar as armas que estavam disponíveis e o sistema de craft, as armas em geral são bem básicas, um arco com flechas de impacto e de fogo, mas uma arma interessante chamou atenção que foi uma lança que você atira contra um inimigo ou caça e o bicho fica amarrado no chão e depois de usar 3 ou 4 desses você consegue imobiliza-lo. O sistema de crafting é bem simples e é possível ser acessado pelo menu, mas também existe uma opção de craft rápido que faz munição para as armas que você tem no mesmo menu que você seleciona a arma.

Quanto os gráficos do jogo, eles estão lindos e muito bem feitos, notei alguns poucos bugs gráficos com a grama, a água e os animais que provavelmente serão corrigidos até a versão final sair, mas o jogo no resto está bem fluido e denso agora só nos resta ver se não vai ter nenhum downgrade gráfico até o lançamento do Horizon Zero Dawn que sai para PS4 no dia 28 de fevereiro de 2017.

Comentarios

Noticias Relacionadas

[Review] Fones In-ear a-JAYS Four

Vinicius Eloy Bailo

Interface Thunderbolt poderá ser usada nos iDevices da Apple

Android 4.0 ICS

Vinicius Eloy Bailo