Reviews
Now Reading
[Review] Thrustmaster Y-350X Ghost Recon Wildlands Edition
0

Quando falamos em Thrustmaster a primeira coisa que nos vem na cabeça são os volantes da empresa que são os “queridinhos” de muitos jogadores casuais e profissionais e alguns até mesmo licenciados pela Ferrari, mas a empresa não vive só de volantes e produz também headsets e joysticks para diferentes plataformas, embora esses produtos não sejam tão comentados eles possuem qualidade que segue o padrão da marca e hoje vamos falar do headset Thrustmaster Y-350X Ghost Recon Wildlands, edição especial estilizada com as artes do jogo.

PRIMEIRAS IMPRESSÕES

As embalagens dos produtos da Thrustmaster não são obras primas de design, mas são bem claras e explicativas na parte externa, deixando claro os principais aspectos do headset e suas respectivas utilidades assim como a barra que mostra o logo da Xbox, que indica que é um produto licenciado oficialmente para ser usado no console, além é claro de ser compatível com uma outra variedade de produtos e atrás das ilustrações do fone é possível ver os detalhes do jogo Tom Clancy’s Ghost Recon: Wildlands que é o licenciamento oficial do jogo que faz com que o design do mesmo também seja diferente. Já dentro da embalagem encontramos o fone e todos os acessórios dentro de plásticos para proteger o produto e tudo isso apoiado de forma bastante firme em um suporte de papelão que lembra uma caixa de ovos. 

Thrustmaster Y-350X - Caixa

Dentro da caixa você encontra o fone, o microfone que vem separado do mesmo pois ele é destacável, encontra o mixer de áudio que é a peça que vai conectada no controle do Xbox One e que vem junto com o PowePack que é uma bateria a parte para o fone e atrás de tudo isso você também encontra o manual do headset com as informações escritas em diversas linguás, entre elas o português, mas com certeza você não vai precisar do manual, pois o fone não tem nenhum mistério em seu utilizo.

SOM

Quando abri o fone para testar pela primeira vez eu estava na frente do computador, então decidi testar ele primeiramente no computador para ver como ele se sairia no PC, sendo que ele foi feito principalmente para Xbox, coloquei uma musica para tocar no ultimo volume e o som do computador é muito bom, quando conectei o fone achei que tivesse algum problema pois o som continuava saindo do mesmo lugar, mas na verdade era só impressão, pois na verdade a musica estava saindo do fone no mesmo volume e qualidade que o computador, quando percebi isso levei um susto e então baixei o volume para conseguir colocar o fone na cabeça e ouvir uma musica inteira nele e poder testar em alguns jogos e o isolamento acústico dele embora seja passivo é bem efetivo e fez com que os sons a minha volta ficassem pouco perceptíveis durante a musica ou jogos, mas em geral, fora o volume, o headset não me surpreendeu em nenhum momento enquanto eu jogava ou ouvia musica no computador.

Thrustmaster Y-350X - Pads

A surpresa mesmo ficou por conta do Xbox, eu sou acostumado a jogar usando o SkullCandy SLYR, mas ao conectar o Thrustmaster Y-350X no automaticamente eu já tive uma surpresa com a profundidade e nitidez de som que o Y-350X oferece, o jogo escolhido para o teste foi o Halo 4, que possui diversos efeitos sonoros e falas dos personagens o tempo todo e em um certo momento eu decidi apertar o botão 7.1 quem tem no SoundCommander do próprio fone e foi ai que tudo realmente mudou, embora eu já tivesse jogado esse jogo diversas outras vezes antes, dessa vez parecia que eu estava jogando um outro jogo pois todas as vozes e efeitos ganharam maior profundidade e eu tinha uma percepção melhor da distancia dos inimigos e explosões de mim, o 7.1 embora não seja real, te da a sensação de que você está jogando com um sistema de som 7.1 em volta de você.

Thrustmaster Y-350X

Em relação ao microfone do headset, ele transmite para seus amigos no chat, no servidor, ou onde você estiver se comunicando, um som bem claro e nítido desde que você não fique com o microfone muito proximo a sua boca, pois por não ter nenhum tipo de almofada ou abafador em volta ou na frente, ele transmite todo o tipo de respiração ou vento que pegar no microfone em forma de ruido que acaba atrapalhando a comunicação, mas se você tem um tom de voz mais alto e pode afastar o microfone da sua boca, automaticamente seu problema está resolvido, ou então simplesmente pegue e coloque uma almofadinha daqueles fones de R$10, que você pode ter jogado em algum canto, nele.

DESIGN e CONFORTO

O design no Y-350X Ghost Recon Wildlands segue a mesma linha usada em todos os outros headsets da Thrustmaster com a diferença que ele possui cores e desenhos personalizados com o tema do jogo Ghost Recon: Wildlands, ou seja, o headset possui como cores o preto e o amarelo e nas laterais e no tecido dentro dos pads é possível ver a caveira do jogo, além do nome do jogo que vem impresso na almofada superior.

Review Headset Thrustmaster Y-350X Ghost Recon Wildlands Xbox One

No que diz respeito ao conforto, o Y-350X possui pads com tecido viscoelástico (aquele famoso material dos “travesseiros da NASA”), que é um tecido que possui “memoria” e se adapta ao formato de qualquer tipo de orelha e o mesmo material dos pads é encontrado na parte superior, embora  tenham um tecido confortável, para quem possui a orelha maior o pad pode cansar depois de algum tempo de uso, pois é redondo e não é grande o bastante para ficar por cima de toda a orelha e acaba apertando. Já em relação a parte superior da cabeça o headset é super confortável e passa despercebido, pois além de ter a almofada ele também possui regulagens laterais que podem ser ajustadas de agosto com a preferencia e necessidade de cada pessoa, outro detalhe interessante é o microfone destacável que pode ser conectado e desconectado a qualquer momento no fone, fazendo com que você não precise ficar com o microfone na frente do seu rosto quando você não precisa.

UTILIDADE

O principal diferencial desse fone é o SoundCommander, o controle do headset que vai conectado ao controle do Xbox One, que conta com uma quantidade de configurações consideráveis que permitem você de configurar a intensidade dos graves, o volume do som total, o balanço entre o volume do chat de voz e do jogo, deixar o microfone no mudo, alterar o volume com o qual você ouve sua própria voz (fazendo com que você não grite quando esta usando o fone) e por ultimo, mas não menos importante, ativação do 7.1 Virtual que é um dos grandes diferenciais nesse fone. No que diz respeito ao utilizo do fone em outros dispositivos como no computador ou no celular, o fone não tem segredos, é só conectar o conector P3 no dispositivo que deseja utilizar e conectar o microfone no fone caso precise usa-lo para ligação ou gravar voz, a unica coisa que pode te impedir de utiliza-lo em outros dispositivos é o comprimento do cabo que impede que

Thrustmaster Y-350X - Controller

Embora o fone tenha todas essas funções, ele não irá consumir com a bateria do seu controle, pois ele conta com o PowerPack que é uma caixinha que fica no cabo do fone e que pode ser recarregada através de um cabo mini-usb, que por algum motivo desconhecido e sem sentido não vem junto com o fone, mas esse cabo pode ser conectado no próprio fone e quando carregada o fone usa a bateria do PowerPack ao invés de usar a bateria do controle e se você jogar perto do video-game ou tiver um cabo longo o bastante para alcançar o controle, você pode jogar e carregar o PowerPack ao mesmo tempo.

ESPECIFICAÇÕES

HEADPHONES

  • Formato Headphone: Circumaural
  • Tecnologia de Conexão: Fio
  • Sound Output Mode: 7.1 virtual surround
  • Drivers: 60mm
  • Sensividade: 102dB a 1mw

MICROFONE

  • Tipo: Boom
  • Modo de Operação: uni-diretional

CONTROLE

  • Controle de Volume
  • Controle de Volume de Chat

  • Balanço de Chat
  • Ativar/Desativar 7.1 Virtual
  • Mute
  • Controle de Graves
  • PowerBattery

GALERIA

Comentarios

What's your reaction?
Amei!
0%
Interessante!
100%
Meh...!
0%
Não gostei!
0%
Triste!
0%
About The Author
Vinicius Eloy Bailo
Vinicius Eloy Bailo
Amante da tecnologia e da musica, nasci usando o computador, jogador de FPS e amante de aventuras online e também mais um viciado em GTA! Fundou e escreve para o Tera Time desde 2012