Image default
Eletrônicos Noticias

Elon Musk poderá mudar o nome de seu lancha-chamas para evitar problemas com a alfandega

O gênio, milionário e filantropo Tony Stark Elon Musk chamou a atenção nos últimos tempos depois de anunciar que pretendia começar a fabricar e vender lança-chamas que mais parecem versões modificadas de armas de airsoft, mas com um tanque de propano acoplado. O CEO da Tesla e da SpaceX chegou a iniciar a pre-venda dos dispositivos que estão sendo vendidos pela sua empresa “The Boring Company” (“A Empresa Entediante” em tradução livre) pelo nome de “Flamethrower” (“Lança-Chamas”).

A pre-venda foi um sucesso total e mais de 20.000 unidades foram vendidas pelo valor de U$500, mas esse grande numero chamou também atenção das autoridades americanas, inclusive um deputado do estado da California já iniciou um processo para proibir a venda dos dispositivos pela empresa, “Nós não deixamos que as pessoas andem pelas ruas e compre tanques de guerra ou munição de nível militar” disse o deputado Miguel Santiago em um pronunciamento feito na ultima terça feira, ele ainda acrescentou “Eu não consigo nem imaginar os problemas que esse lança-chamas irá causar aos bombeiros e aos policiais”.

Além de chamar atenção das autoridades locais, o produto chamou atenção também das alfandegas e empresas de transporte que irão levar esses produtos, sendo um dos principais problemas o nome do produto em si “Lança-chamas” e com isso Elon Musk twittou essa semana dizendo que estava buscando soluções para o problema como por exemplo mudar o nome do produto para “Isso não é um lança-chamas” ou até mesmo chamar de “Dispositivo de Melhoria de Temperatura”, agora só nos falta ver como o bilionario vai resolver esses problemas e começar a distribuir suas “arminhas de fogo”.

Comentarios

Noticias Relacionadas

Samsung Galaxy SIII será o celular oficial das olimpíadas

Vinicius Eloy Bailo

Exoesqueleto será opcional no multiplayer de Call of Duty: Advanced Warfare

Vinicius Eloy Bailo

Os 25 jogos mais viciantes de todos os tempos

Vinicius Eloy Bailo