Image default
Apple iPhone

Com mercado de apps em alta, Apple domina vendas dos smartphones em 2017

2017 foi um ano muito especial para a Apple. A gigante californiana lançou três novos modelos de smartphone (iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X) e a resposta do público foi ótima — algo visível nas ótimas vendas alcançadas durante o ano passado. Tudo isso acompanhado de um mercado aquecido na venda de aplicativos.

Os dados apresentados pela Strategy Analytics mostram que a Apple simplesmente dominou os lucros entre os smartphones vendidos no ano passado. Com cerca de US$ 61,4 bilhões de lucro nos iPhones vendidos, a Apple representou 51% das receitas no mercado de smartphones.

Em segundo lugar, a Samsung ficou com apenas 15,7%, seguido pela chinesa Huawei, com 7%. Outros smartphones de marcas diferentes totalizaram 26,2% do lucro no mercado mundial. O lucro apresentado pela Apple apresenta cerca de US$ 7 bilhões a mais em relação a 2016, quando a empresa também lançou três modelos diferentes de smartphones. Além disso, outro ótimo resultado da Apple em 2017 é o fato de que a empresa vendeu 223 milhões de iPhones no mundo, tornando assim o dispositivo eletrônico mais vendido do ano. Entre os dados divulgados pelo jornal USA Today, isso é mais do que o segundo a quinto colocado apresentaram juntos.

Na China, que é o maior mercado de smartphones do mundo, o iPhone também teve ótima popularidade e ficou atrás apenas da chinesa Oppo. Entre os 10 mais vendidos, o iPhone 7 Plus foi o segundo na lista, com o iPhone 7 na quinta posição.

Mercado de aplicativos com ótima popularidade

Segundo dados divulgados pela Sensor Tower, a Apple teve um ano muito satisfatório quanto ao lucro obtido na venda dos aplicativos em sua loja virtual. Ao todo, foram US$ 38,5 bilhões, um pouco mais da metade da receita conseguida na venda dos iPhones.

Com isso, o lucro conseguido em relação a maior rival da App Store, a Google Play, foi quase dobro. Nos números lançados pela Sensor Tower, a Google Play conseguiu a bagatela de US$ 20 bilhões no ano passado.

Não é surpresa que a App Store conseguiu números tão absurdos assim em 2017, numa diferença em lucro de 35% em relação a 2016. Muitos aplicativos inovadores e muito populares foram e continuam sendo lançados todas as semanas.

De acordo com o site especializado em tecnologia TechTudo, o Calm foi o melhor aplicativo da Apple em 2017. “Gratuito, é dedicado à concentração e à meditação. A ideia do software é trazer mais clareza e alegria ao usuário, uma vez que ele oferece histórias de sono, métodos que prometem te ajudar a respirar melhor e músicas relaxantes. O Calm está disponível somente em inglês e é compatível com iOS 9.0 ou superior”, informa o site.

Entre os aplicativos mais baixados do ano passado na App Store, as redes sociais Instagram, Facebook e Twitter aparecem entre os 20 principais no ranking, ao lado de Uber, Netflix, Waze, SoundCloud e outros.

Alguns que deram um “boom” na App Store ajudaram nessa popularidade em alta. De acordo com a própria Apple, o aplicativo do ano foi o Enlight Videoleap, que é um ótimo editor de vídeo com opções avançadas para o usuário.

No Brasil, alguns aplicativos de alta popularidade tiveram mais destaque aqui do que em qualquer outro lugar, como é o caso do Akkari Poker Quiz. Lançado em agosto, esse app chegou a estar entre os mais populares de agosto. Nesse, o usuário responde perguntas relacionadas a esse esporte e com participação de André Akkari, um profissional de muito sucesso no poker.

Ao todo, no Brasil os aplicativos de realidade aumentada tiveram muito sucesso e foram uma grande tendência. Alguns, como Mobly e My Very Hungry Caterpillar, ficaram entre os mais populares. A tendência para o restante de 2018 é que os apps de realidade aumentada continuem a crescer em popularidade, visto que cada vez mais os desenvolvedores estão aperfeiçoando essa tecnologia.

Seguindo o sucesso conquistado no ano passado, no primeiro dia de 2018 a empresa reportou cerca de US$ 300 milhões em lucro mundial na App Store. Com tantos resultados positivos em 2017, os próximos meses de 2018 são de otimismo para a Apple.

Comentarios

Noticias Relacionadas

Evento para o dia 23 de outubro confirmado pela Apple

Vinicius Eloy Bailo

JungleCat, novo controle da Razer para jogar no iPhone

As novidades do iOS 5.1

Vinicius Eloy Bailo